quarta-feira, 3 de março de 2010

As lágrimas de Hanna


Ela fez o café e sentou na cama tomando aos pequenos goles a bebida preta e quente. Tão quente que sua língua queimou, e isto a fez lembrar como estava triste. A pequena dor fez as lágrimas começarem a cair, devagar, como o começo da chuva no outono. Terminou o café e deitou-se na cama, sentindo as gotas de sua chuva parar no outro olho. Ele chegou e a viu no quarto, com o disco que já tinha acabado ainda rodando na vitrola. Desligou-o. Deitou-se ao seu lado e secou suas lágrimas. Deitou sua cabeça no peito dela, e ela o acariciou. Não entendia, mas aquilo a acalmava enquanto as lágrimas ainda caiam e ele podia a sentir soluçar. Ela queria falar, mas não tinha vontade. Ele preferiu deixá-la em silêncio. Era noite. E deitados dessa forma, dormiram juntos até a manhã aparecer.

Ouvindo: Both sides now - Joni Mitchell (Love actually soundtrack)
Foto: Tears by ~marklarka

Um comentário:

Aranel Eärwen disse...

Finalmente um novo post. Já tava com saudades.Beijos.