segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Eu murchei a flor de plástico.


- Não acredito que você está chorando com esse filme.
- Eu não estou chorando!
- E o que é isso saindo do seu olho?
- São apenas gotas do mar...
- Ah sei. Putz, esse filme é paia demais e tu se emocionou?
- O filme pode ser ruim, mas a história é emocionante sim. – E aí eu parei subitamente.
- Quê?
- Não, é que me faz pensar nele.
- É por isso que eu não gosto de assistir esses filmes. Fazem você querer se declarar logo.
- Mas é verdade! E se eu morrer amanhã? Hein? Eu vou morrer sem dizer a ele que ele foi a única pessoa que eu realmente amei.
- Faz quanto tempo mesmo?
- 3 anos... E 2 meses.
- Mas você sabe que é culpa sua né?
- Eu sei. Por isso mesmo que gostaria de falar logo. Abrir logo todo o coração. Mesmo que não dê em nada.
- Então por que você não faz?
- O quê?
- Falar pra ele!
- Você está falando sério?
- Estou.
Respirei e pensei na possibilidade. Tinha lógica.
- É... Talvez você tenha razão. Ele é a única pessoa que não sai da minha cabeça à 3 anos. 3 anos é muita coisa. Mas... sei lá.
- Você pode morrer amanhã – disse ela ironicamente - Mas vem cá, você realmente gosta dele é? Mesmo mesmo?
- Bem... sim.
- Hum... Tu devia dizer logo.
- Mas quando eu vou dizer? E como eu vou dizer? “Oi, tudo bem? Olha, eu te amo”?
- Amanhã vai ter ensaio da banda, você vai e quando acabar o ensaio você fala.
- Hum...

Ao chegar de frente ao estúdio do ensaio, vejo-o com aquela menina que outrora vi lá no colégio. Aquela sem sal.

- E aí? Contou a ele tudo?
- A ele quem?
- Idiota. Por quem você está tremendamente apaixonada a três anos?
- Ah. Aquele? Eu não gosto dele.
- Como assim?
- Ta difícil de entender ou vou ter que desenhar?

EU NÃO GOSTO DELE.


Não sei porque ainda tento me enganar.


Bruna

Foto: Plastic by ~APaperFaceOnParade

3 comentários:

darsh. disse...

pára tudo.

esse post mexeu profundamente comigo.
e me deixou num dilema.

saco.

Juliana disse...

Um dilema completo!! Ainda vou descobrir quem é esse cara!! =P

Aranel Eärwen disse...

Finalmente um novo blog! E eu admiro sua criatividade. Também tenho novidades do coração, boas e ruins. Precisamos nos falar.
Beijos
Saudades...